Chutando de longe

Escrito por
Publicado em: 18/02/2017
j_murray_rising_stars_capa

Pela 2ª vez consecutiva, desde que o formato do evento foi modificado em 2015, o time Mundo venceu o time EUA no Rising Stars Challenge na última 6ª feira (dia 17/02). Liderados pela dupla Jamal Murray e Buddy Hield, que cortavam os marcadores e chutavam arremessos calibrados da linha de 3 pontos, o selecionado global venceu pelo placar de 150X141.

Mesmo sem mostrar um entrosamento necessário – até porque os presentes não estavam se importando com isso – Murray, canadense e armador do Denver Nuggets, estabeleceu 36 pontos, 11 assistências e converteu 9 das 14 tentativas de longa distância, sendo eleito o MVP do confronto. Já Hield, nativo de Bahamas e armador novato do New Orleans Pelicans, somou 28 pontos com um aproveitamento de 11-22 nos arremessos de quadra, para o delírio dos torcedores locais que preferiam vê-lo produzir performances como esta durante a temporada regular.

Apesar do resultado final demonstrar a vantagem do time Mundo, ambas as equipes compartilharam jogadas de destaque ao longo do jogo (veja no vídeo acima), que apresentou os melhores novatos e jogadores de 2º ano da liga. O ala letão do New York Knicks, Kristaps Porzingis, anotou 24 points. Frank Kaminsky do Charlotte Hornets marcou 33 pontos para o time EUA e o pivô Karl-Anthony Towns do Minnesota Timberwolves ajudou com outros 24 pontos.

O croata Dario Saric do Philadelphia 76ers produziu 17 pontos para o time Mundo, batendo a pontuação do seu companheiro de equipe, Jahlil Okafor, que finalizou com 10 pontos, apesar dos rumores de trocas que envolvem o seu nome. E o armador Jonathon Simmons do San Antonio Spurs anotou 19 pontos para o time EUA, muito deles vindos de poderosas enterradas.

Fatal error: Uncaught Exception: 190: Error validating application. Application has been deleted. (190) thrown in /var/www/draftbrasil.net/blog/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273