Deu certo

Escrito por
Publicado em: 12/06/2015
cle_gsw_jogo4_capa

O triunfo do Golden State Warriors no jogo 4 das finais da NBA começou a ser arquitetado antes da partida, mais precisamente na entrevista coletiva do treinador Steve Kerr, afirmando que os titulares da sua equipe continuariam os mesmos. Porém, minutos antes do tapinha inicial, todos viram que Kerr não disse a verdade, pois Andre Iguodala estava no quinteto titular. A “mentira” deu certo e acabou sendo fundamental para a vitória dos Warriors  sobre o Cleveland Cavaliers por 103X82 na noite da 5ª feira (dia 11/06), igualando a série decisiva em 2X2.

O “efeito Iguodala” trouxe de volta ao boa e velha forma ao Golden State, além é claro, dos resultados individuais dos seus jogadores. O ajuste na escalação, que proporcionou ao veterano Iguodala entrar como titular pela 1ª vez nesta temporada, foi notável nos lados ofensivos e defensivos. Ele anotou 22 pontos – sua maior pontuação desde o jogo 4 contra o Los Angeles Clippers pela 1ª rodada dos playoffs de 2014 – com um aproveitamento de 8-15 nos arremessos, incluindo 4-9 da linha de 3 pontos. Iguodala também foi importante na defesa de LeBron James, já que o ala registrou um aproveitamento de 4-14 nos arremessos quando marcado por Iggy. Já o armador Stephen Curry voltou a mostrar sua habilidade de MVP da NBA. Ele também terminou com 22 pontos e um aproveitamento de 8-17 nos arremessos, incluindo 4-7 de longa distância. Curry tinha iniciado a decisão desperdiçando 20 das suas primeiras 26 tentativas de 3 pontos.

Após 2 vitórias esplêndidas na série, o Cleveland teve pouca ajuda dos seus integrantes no confronto. O astro da equipe, LeBron James, totalizou apenas 20 pontos, pois teve que lidar com um corte na cabeça, quando ele colidiu contra um câmera ao final do 2º quarto, depois de sofrer uma falta do pivô Andrew Bogut. James tinha um aproveitamento de 3-8 nos arremessos de quadra antes da “vídeo-cassetada” e um de 4-14 após o lance. Por fim, o cestinha dos Cavs foi o pivô Timofey Mozgov, que marcou sua mais alta pontuação da carreira com 28 pontos, além de 10 rebotes.

Os Warriors continuam sendo a única equipe da NBA sem uma seqüência de 3 derrotas seguidas nesta temporada, em compensação os Cavs perderam pela 1ª vez na pós-temporada em que os lesionados, Kyrie Irving ou Kevin Love, não estavam em quadra. No próximo domingo (dia 14/06) acontece o jogo 5 em Oakland e o vencedor deste jogo, quando a série da finais está empatada em 2X2, foi campeão em 71 % das oportunidades. Os anfitriões do jogo 5 tem um desempenho de 19-9 quando a  finalíssima está igualada por 2X2. Veremos se quem vai vencer o título, ganhará dentro ou fora das 4 linhas.

Fatal error: Uncaught Exception: 190: Error validating application. Application has been deleted. (190) thrown in /var/www/draftbrasil.net/blog/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273