Embalados

Escrito por
Publicado em: 8/08/2016
dia3_p_george_capa

Com o prosseguimento do 3º dia de competições do torneio de basquete masculino das Olimpíadas do Rio de Janeiro, o grupo A vai tomando forma com 2 seleções tomando a ponta da chave. Embalados, Austrália e EUA venceram sua 2ª partida seguida, derrotando as seleções da Sérvia e da Venezuela, respectivamente nesta 2ª feira (dia 08/08). Relembre a seguir, como foi cada um dos jogos da rodada, no resumo que o blog do Draft Brasil preparou para os torcedores do Rio 2016.

Sérvia 80X95 Austrália

No 1º encontro do dia, a Austrália venceu o clássico contra a Sérvia pelo resultado de 95X80, assumindo temporariamente a liderança do grupo A. Em uma partida que foi mais equilibrada do que sugeriu o placar final, as equipes lutaram muito entre si com os sérvios abrindo uma vantagem de 7 pontos logo no início do 2º tempo. Os australianos mantiveram a postura, se “uniram” e retornaram ao seu ritmo. Em poucos instantes, eles igualaram o marcador. Porém, a equipe do técnico Andrej Lemanis não assumiu a ponta do confronto até o começo do 4º quarto, quando o armador Patrick Mills converteu uma bandeja que deixou o placar em 68X67. A partir daí, os australianos registraram uma parcial de 27X13 e mataram o duelo.

srb_aus_m_dellavedova

Com 4 pontos de vantagem no marcador no último período, os ‘Boomers‘ pisaram no acelerador e resolveram a partida. 13 das 23 assistências registradas pelo time foram distribuídas pelo armador Matthew Dellavedova, que ainda anotou 23 pontos completando sua brilhante atuação. A seleção da Oceania teve outros destaques na partida, mas a performance de Dellavedova contra os armadores sérvios rendeu a ele a honra de ter sido o jogador mais importante do confronto.

A vitória deixou a Austrália (2-0) na liderança do grupo, ao lado do próximo adversário, os EUA (2-0) na próxima 4ª feira (dia 10/08). Com a derrota, a Sérvia (1-1) encara agora a França (1-1) em uma disputa entre 2 grandes rivais europeus.

EUA 113X69 Venezuela

Mesmo com um início de jogo lento contra a Venezuela, os EUA acertaram seus ponteiros no 2º quarto e acabaram triunfando facilmente pelo placar de 113X69 nesta 2ª feira. O ala Carmelo Anthony, saindo do banco de reservas, liderou a equipe com 10 pontos no 1º tempo e ajudou seus companheiros a construir uma ampla vantagem no intervalo que não foi revertida até o fim do compromisso.

eua_ven_c_anthony

Apesar da igualdade no placar em 20X20, os norte-americanos produziram uma parcial de 13X2 que deixou os atuais bicampeões olímpicos tranquilos na partida. Com um aproveitamento de 2-5 nos lances livres no 1º quarto, eles desperdiçaram só 2 das 15 tentativas chutadas no 2º período fazendo com que assumissem o controle total do confronto. No fim, terminaram com um aproveitamento de 32-38 (84,2 %). Mesmo com uma desvantagem nos rebotes nos primeiros 12 minutos (11X8 a favor dos sul-americamos), a equipe comandada por ‘Coach K‘ voltou ao topo da categoria já no intervalo (19X18). Anthony, que ultrapassou o lendário Michael Jordan pela 3ª posição na lista dos maiores cestinhas dos EUA em Olimpíadas, anotou 7 dos seus 14 pontos no decisivo 2º quarto, garantindo a vitória a favor da sua equipe.

Os EUA (2-0) se juntaram à Austrália (2-0) como as únicas seleções invictas do grupo e medirão forças na 4ª feira para decidir quem assumirá a ponta da chave. Já a Venezuela (0-2) jogará pressionada em seu próximo compromisso contra a China (0-2) no mesmo dia.

França 88X60 China

Na conclusão do 3º dia do basquete masculino, a França se reabilitou do revés contra a Austrália ao vencer a China por 88X60. Cestinha da equipe no jogo, o armador Nando de Colo marcou 11 dos seus 19 pontos no 2º quarto, quando os ‘Les Bleus‘ tomaram o controle do confronto. Liderando o marcador por 5 pontos ao final do período inicial, os franceses aumentaram a vantagem para 42X23 no intervalo e ficaram no comando da partida pelo restante do tempo. O astro Tony Parker terminou com 14 pontos e 8 assistências.

fra_chn_n_decolo

Mesmo os chineses segurando o empate por 14X14 perto do fim do 1º quarto, os franceses resolveram abrir distância no marcador ao registrar uma parcial de 7X0 logo em seguida. Com uma ligeira superioridade nos rebotes ao final do 1º período (8X6), a seleção francesa assumiu o comando da partida no 2º quarto, ao registrar 12 rebotes contra apenas 3 dos asiáticos. O pivô Rudy Gobert estabeleceu 5 tocos, além de 10 pontos e 8 rebotes. Já o ala Nicolas Batum, tentando superar a fraca atuação contra Austrália, ditou o ritmo do domínio francês nos rebotes no 2º período ao pegar 10 rebotes junto com 7 pontos e 3 assistências.

Depois de ser derrotada na estréia, a França (1-1) encara na próxima 4ª feira (dia 10/08) outra vítima dos australianos, a Sérvia (1-1). Enquanto a China (0-2) enfrenta a Venezuela (0-2) no mesmo dia, na luta entre as 2 seleções que ainda não venceram no grupo.

Fatal error: Uncaught Exception: 190: Error validating application. Application has been deleted. (190) thrown in /var/www/draftbrasil.net/blog/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273