Final inédita

Escrito por
Publicado em: 3/06/2015
gsw_cle_final_capa

A partir desta 5ª feira (dia 04/06), depois de esperarmos o mais longo intervalo na história da NBA entre o término das finais de conferência e o jogo 1 das finais, começa a decisão da NBA, contando com o confronto das estrelas Stephen Curry e LeBron James, a presença de 2 brasileiros nos elencos, Leandrinho Barbosa e Anderson Varejão e o comando de 2 treinadores novatos, Steve Kerr e David Blatt. Para que os seguidores do blog do Draft Brasil fiquem por dentro de tudo, apontamos alguns números e curiosidades que fazem parte da finalíssima entre Golden State Warriors X Cleveland Cavaliers.

Alguém com certeza vai sair da fila. Faz mais de 50 anos desde que a cidade de Cleveland viu um título de alguma das 4 ligas profissionais (MLB, NBA, NFL e NHL), quando o Cleveland Browns venceu o campeonato em dezembro/1964. Foram disputadas 143 temporadas em Cleveland desde que a população participou da última festa por um título nacional, a mais longa seqüência na atualidade por uma cidade norte-americana.

Até o começo desta temporada, os Cavs tinham disputado 44 temporadas sem conquistar um título da NBA. Apenas o Phoenix Suns (47) e o Los Angeles Clippers (45) completaram mais temporadas da liga sem nunca ganhar um campeonato. Para os Warriors, esta é a 1ª aparição nas finais desde que foram campeões na temporada 1974/1975. Esse intervalo de 40 anos é o maior entre participações na decisão na história da liga.

E tem mais. Ambas as equipes entram embaladas na decisão. Elas vão iniciar a disputa das finais com uma campanha combinada de 24-5 nestes playoffs. Esta é a melhor campanha junta pelos 2 finalistas da NBA até o começo da disputa desde 1991, quando o Chicago Bulls e o Los Angeles Lakers registraram uma campanha de 22-4 juntos.

Falando nos Bulls de 91, os Warriors não possuem nenhum jogador em seu elenco com alguma experiência de finais da NBA. A última equipe a vencer o título sem nenhum jogador com “bagagem” nas finais no elenco foi justamente o Chicago. Além disto, é a 1ª vez desde a criação da NBA que a decisão terá 2 treinadores novatos se enfrentando. David Blatt ou Steve Kerr se tornarão o 1º técnico estreante a ganhar o campeonato da NBA desde Pat Riley em 1982.

Agora vamos mudar um pouco o foco e voltar às estrelas de cada lado. O ala LeBron James e o armador Stephen Curry já se encararam 7 vezes durante suas carreiras, com James assegurando um retrospecto de 5-2 a seu favor. Eles se enfrentaram somente 1 vez nesta temporada, no dia 26/02 (LeBron ficou de fora do 1º jogo). James anotou sua maior pontuação na temporada (42 pontos) junto 11 rebotes e 5 assistências, além de ter marcado mais pontos e rebotes do que Curry e Klay Thompson juntos no triunfo do Cleveland por 110X99 sobre o Golden State (reveja os melhores momentos da partida no vídeo abaixo).

Por falar no astro dos Cavs, ele disputará sua 5ª final da NBA consecutiva, se tornando o 9º jogador na história da liga – e o único que não era membro do Boston Celtics entre as décadas de 50 e 60 –  a jogar em 5 decisões seguidas. Aqui cabe uma observação, o armador James Jones também está fazendo sua 5ª aparição seguida nas finais porém ele não esteve em quadra na decisão em 2011. Nos confrontos diretos contra Curry, James tem médias de 32,6 pontos/partida, 7,4 rebotes/partida e 8,1 assistências/partida em 7 jogos na carreira. Nenhum outro jogador registrou mais pontos por jogo contra Curry do que LeBron e a lista é seguida por Kobe Bryant (31,7 pontos em 12 partidas), Kevin Durant (31,2 pontos em 20 partidas) e Dwyane Wade (26,2 pontos em 5 partidas).

cle_gsw_s_curry

O armador Stephen Curry foi ofuscado pelo ala LeBron James na derrota dos Warriors por 110X99 para os Cavs no dia 26/02.

Já o atual MVP da NBA vai encarar James na final após ter despachado do seu caminho caras como Anthony Davis, Marc Gasol e James Harden. Curry é o 1º jogador na história da NBA a enfrentar cada um dos membros da seleção ideal da liga (All-NBA 1st Team) em uma pós-temporada. Curry venceu o prêmio de melhor jogador da temporada sobre James Harden e o próprio LeBron. Ele é o 1º MVP em 30 anos a encarar o 2º e 3º colocado na votação do MVP na mesma pós-temporada. O último a passar pela mesma situação foi Larry Bird em 1985, que enfrentou Moses Malone e Magic Johnson nos playoffs.

Quem vai levar vantagem neste duelo de astros? Saberemos quando a bola subir em Oakland no jogo 1 desta série inédita, apresentando 2 jogadores que são pilares e estão instantaneamente associados às suas franquias: LeBron James e Stephen Curry.

Fatal error: Uncaught Exception: 190: Error validating application. Application has been deleted. (190) thrown in /var/www/draftbrasil.net/blog/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273