Mais um

Escrito por
Publicado em: 9/02/2016
bro_den_j_johnson_capa

Muita coisa não está dando certo para os Nets nesta temporada. Mas ao menos eles sabem que o veterano Joe Johnson ainda consegue fazer (mais um) milagre. A cesta de 3 pontos dele no estouro do cronômetro deu ao Brooklyn a vitória por 1 ponto sobre os Nuggets na última 2ª feira (dia 08/02). Johnson registrou 7 arremessos decisivos com o tempo se esgotando ao longo das últimas 10 temporadas, a mais alta marca na NBA – em seguida, vem Monta Ellis e Andre Iguodala com 4 cada um. Na verdade, Johnson converteu os últimos 5 arremessos deste tipo para os Nets desde dezembro/2012. Antes de Johnson, o último a estabelecer isto foi Devin Harris contra os 76ers em 2009. Para evitar a derrota, os Nuggets não deveriam deixar desmarcado um arremessador do calibre de Johnson desmarcado. Confira esta e outras histórias da rodada no “Parágrafo NBA” do blog do Draft Brasil.

Charlotte 108X91 Chicago

Os Hornets começaram o 1º quarto da partida contra os Bulls produzindo impressionantes 38 pontos e abrindo uma vantagem de 18 pontos sobre o adversário. Essa liderança nunca foi ameaçada a medida que Kemba Walker (30 pontos e 8 assistências), Nicolas Batum (19 pontos, 13 rebotes e 8 assistências) e o restante da equipe deram conta do recado em casa.

Cleveland 120X100 Sacramento

Além de liderar o placar por 2X0 nos segundos iniciais da partida, os Kings nunca mais ficaram à frente do marcador contra os Cavs, já que definitivamente enfrentaram alguns desafios. Primeiramente, com LeBron James. Em somente 3 quartos, James estabeleceu seu 40º ‘triple-double‘ na carreira (21 pontos, 10 rebotes e 10 assistências) (veja no vídeo abaixo). E em segundo lugar, com Kyrie Irving (32 pontos e 12 assistências) que nunca é fácil de se marcar.

Indiana 89X87 Los Angeles Lakers

Black Mamba‘ tentou dar um show em Indianápolis ao anotar 19 pontos. O novato dos Lakers, Julius Randle (15 pontos e 19 rebotes) ajudou com um excelente ‘double-double‘. Mas eles e o restante das atuações da equipe foram em vão. Os Pacers foram simplesmente melhores. Muito disso graças ao ala Paul George, que marcou 6 pontos nos 2 minutos finais após 3 cestas de 3 pontos de Bryant que deixaram o Indiana com problemas.

Philadelphia 92X98 Los Angeles Clippers

Com 23 pontos e bola de 3 pontos que levou a partida para a prorrogação, o armador J.J. Redick é o cara para se agradecer. Os Clippers superaram uma desvantagem de 19 pontos – a mais ampla nesta temporada – e destruíram as esperanças dos 76ers de registrar 2 vitórias consecutivas.

Brooklyn 105X104 Denver

Joe Johnson. Ele ainda tem a moral…e quer que todos se lembrem dele e de tudo o que ele já fez. Apenas reveja seu arremesso de 3 pontos decisivo no estouro do cronômetro:

Ou então, confira como ele entortou o pivô Jusuf Nurkic abaixo. Pode ter sido apenas uma pequena vitória para os instáveis Nets, mas que chegou em uma boa hora no entanto.

Detroit 89X103 Toronto

Com o triunfo sobre os Pistons, os Raptors venceram 14 das últimas 15 partidas. O armador Kyle Lowry liderou a equipe com 25 pontos e 7 assistências e o ala Terrence Ross somou 19 pontos saindo da reserva. O turco Ersan Ilyasova foi o cestinha dos Pistons com 17 pontos e o pivô Andre Drummond produziu 12 pontos, 13 rebotes e mais isto:

Atlanta 110X117 Orlando

O Magic saiu de um buraco de 20 pontos de diferença para vencer no tempo extra os Hawks fora de casa. O pivô Nikola Vucevic terminou com 28 pontos, 13 rebotes e 6 assistências para liderar o Orlando e o armador Elfrid Payton somou outros 20 pontos. O pivô Al Horford foi o cestinha dos Hawks com 27 pontos, mas a equipe da Flórida terminou a prorrogação com uma parcial de 16X9 para selar o triunfo.

Memphis 106X112 Portland

O armador Damian Lillard finalizou com 33 pontos para levar os Trail Blazers à vitória sobre os Grizzlies fora de casa. O também armador C. J. McCollum ajudou com 21 pontos (6 deles na prorrogação) a medida que o Portland superou os 53 pontos de Mike Conley e Zach Randolph combinados, melhorando sua campanha na temporada para o lado positivo.

Minnesota 102X116 New Orleans

O novato Karl-Anthony Towns estabeleceu outro ‘double-double‘ com 19 pontos e 12 rebotes, incluindo esta cravada:

Contudo, ele e os Timberwolves não foram capazes de sair com o triunfo. O pivô Anthony Davis (27 pontos e 8 rebotes), o armador Jrue Holiday (27 pontos, 9 rebotes e 6 assistências) e o resto dos Pelicans foram demasiadamente um desafio para os anfitriões em Minnesota.

Phoenix 106X122 Oklahoma City

Depois de lutar contra seus arremessos no começo da partida contra os Suns, o ala Kevin Durant achou seu ritmo na hora certa. Ele converteu suas últimas 6 tentativas (4 delas de longa distância) a medida que o Thunder derrotou o Phoenix fora de casa. Durant totalizou 32 pontos e o armador Russell Westbrook somou outros 29 pontos, além de 2 destes de forma esplêndida:

Fatal error: Uncaught Exception: 190: Error validating application. Application has been deleted. (190) thrown in /var/www/draftbrasil.net/blog/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273