Noite agitada

Escrito por
Publicado em: 24/06/2016
draft2016_b_simmons_capa

Como era de se esperar – e comprovado – as 2 primeiras escolhas do Draft de 2016 da NBA não surpreenderam ninguém presente nas arquibancadas do Barclays Center.

Natural da Austrália, Ben Simmons assistia aos jogos de Allen Iverson praticamente todas a vezes em que ele pisava em quadra. Porém, Simmons até tentou se parecer com o ex-astro da NBA. Agora, a futura promessa seguirá os passos de Iverson após o Philadelphia 76ers ter selecionado o versátil ala de LSU como a 1ª escolha no geral do Draft deste ano. Simmons é a 1ª seleção da franquia no Draft desde que Iverson foi escolhido como o nº 1 em 1996. Ele também se tornou o 2º jogador de LSU a ser escolhido na 1ª posição (o outro foi Shaquille O’Neal em 1992), além de ter sido o 2º australiano a ser escolhido no 1º lugar no geral do Draft (o outro foi Andrew Bogut em 2005).

Já o Los Angeles Lakers garantiu Brandon Ingram com a 2ª escolha, fazendo dele o 5º jogador escolhido nas 2 primeiras posições pela franquia na era do Draft. No mínimo, em termos de habilidade, estatura e arremessos de longa distância, a promessa de Duke é comparada a Kevin Durant para preencher o vazio deixado pelo super-astro Kobe Bryant, recém aposentado.

E então, o restante das escolhas da noite no Draft produziram poucas surpresas. Vamos aos melhores momentos, ou melhor, os destaques que ocorreram durante o evento:

O Oklahoma Ciyt Thunder conseguiu uma transação mágica envolvendo o ala Serge Ibaka. O Orlando Magic será o novo destino de Ibaka na troca por Victor Oladipo, Ersan Ilyasova e o lituano Domantas Sabonis, escolhido na 11ª posição. O Thunder recebem 3 peças por alguém que essencialmente foi um jogador na rotação da equipe até o final da última temporada. Entre os 3 jogadores envolvidos na negociação e que disputaram a temporada passada, Ibaka tinha a mais baixa eficiência.

O Boston Celtics, mais uma vez, não quis mexer nas suas escolhas da 1ª rodada. É o 2º ano seguido que os Celtics tinham mais de 1ª escolha na 1ª rodada, tentaram montar um pacote com elas em alguma negociação e acabaram não realizando nenhuma transação. Em 2015, Danny Ainge ofereceu ao Charlotte Hornets 4 escolhas de 1ª rodada para subir na ordem das escolhas e selecionar Justise Winslow. No fim, os Hornets não aceitaram a proposta da equipe de Boston. Os Celtics acabaram escolhendo não só um, mas 2 jogadores estrangeiros na 1ª rodada do Draft deste ano. Antes de 2016, a única vez que os Celtics tinham selecionado jogadores de fora dos EUA na 1ª rodada foi em 2013, quando escolheram o brasileiro Lucas Nogueira, que foi trocado pelo canadense Kelly Olynyk na noite do Draft.

A quantidade enigmática de jogadores estrangeiros escolhidos surpreendeu. O total de 8 jogadores que jogavam fora dos EUA foram selecionados na 1ª rodada e igualaram a maior marca já registrada na 1ª rodada do Draft (também houveram 8 escolhas em 2003). No fim das contas, 15 jogadores nascidos fora dos EUA foram escolhidos na 1ª rodada – o maior número já contabilizado em alguma rodada do Draft da NBA – e um total de 26 jogadores estrangeiros foram selecionados nas primeiras 60 escolhas, ultrapassando o recorde de 21 estabelecido em 2003. Ou seja, somente a metade dos jogadores escolhidos na 1ª rodada são naturais dos EUA. Esta é a menor somatória de norte-americanos selecionados na 1ª rodada de um Draft da NBA desde 1973. Naquele ano, 16 dos 18 jogadores escolhidos na 1ª fase nasceram em solo americano. A mesma tendência se aplicou aos jogadores universitários escolhidos. 6 jogadores selecionados na 1ª rodada nasceram fora do território dos EUA: Ben Simmons, Buddy Hield, Jamal Murray, Jakob Poeltl, Pascal Siakam e Skal Labissiere.

O Draft de 2016, que começou de forma previsível, terminou com o caos controlado. O tempo dirá se as decisões feitas na noite renderão o esperado por algumas das equipes que apostaram nas suas escolhas ou nas suas negociações. Confira abaixo os 30 primeiros jogadores escolhidos e um breve perfil de cada um:

1 PHI Ben Simmons Promessa de um super-astro como um grande PG
2 LAL Brandon Ingram Pode encabeçar uma participação no próximo All-Star  Game
3 BOS Jaylen Brown Porte de atleta da elite da NBA
4 PHO Dragan Bender Envergadura de um PF da NBA
5 MIN Kris Dunn Exímia defesa podendo marcar várias posições
6 NOH Buddy Hield Trará força instantânea no ataque da equipe
7 DEN Jamal Murray Fará uma bela dupla com Emmanuel Mudiay
8 SAC Marquese Chriss Brilhante escolha que jogará em PHO
9 TOR Jakob Poeltl Escolha conservadora do TOR
10 MIL Thon Maker Escolha arriscada, mas pode render frutos
11 ORL Domantas Sabonis Envolvido na troca que trouxe Serge Ibaka para ORL
12 UTA Taurean Prince Potencial SF e defensor em ATL
13 PHO Georgios Papagiannis Escolha ousada para uma 13ª posição o geral
14 CHI Denzel Valentine Grande reposição para o CHI
15 DEN Juan Hernangomez Jogador espanhol especialista em cestas de 3 pontos
16 BOS Guerschon Yabusele Seria a versão francesa de “Larry Johnson”?
17 MEM Wade Baldwin IV Alto e atlético, mas será que serve como um PG?
18 DET Henry Ellenson Ato e versátil, o DET mandou bem na escolha
19 DEN Malik Beasley Um dos melhores arremessadores do Draft
20 IND Caris LeVert Pode marcar 3 posições e arremessar da linha de 3
21 ATL DeAndre Bembry Estilo de jogo antigo, mas tem porte de elite da NBA
22 CHA Malachi Richardson Um dos melhores finalizadores no Draft
23 BOS Ante Zizic Boa escolha na 2ª metade da rodada
24 PHI Timothe Luwawu-Cabarrot O PHI podia escolher nessa posição
25 LAC Brice Johnson Bom estilo de jogo à meia distância, mas é inofensivo
26 PHI Furkan Korkmaz Típico ala que precisa de envergadura
27 TOR Pascal Siakam Robusto, mas joga com uma grande vontade
28 PHo Skal Labissiere Pode ser comparado ao estilo de jogo de Channing Frye
29 SAS Dejounte Murray Uma das excelentes escolhas do Draft
30 GSW Damian Jones Vai finalizar as ponte-aéreas dos ‘Splash Brothers’
Fatal error: Uncaught Exception: 190: Error validating application. Application has been deleted. (190) thrown in /var/www/draftbrasil.net/blog/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273