Resumo – 4º Dia – March Madness

Escrito por
Publicado em: 23/03/2015
dia4_marchmadness_capa

Finalizados os jogos das primeiras rodadas das loucuras de março, vamos ver o que nos aguarda na próxima fase: o ‘Sweet 16’. Podemos esperar ainda mais garra, devoção e emoção em quadra, à medida que a competição vai se afunilando . Mais 8 partidas foram disputadas  pelo March Madness de 2015 neste domingo (dia 22/03). E todas as equipes focadas em um único objetivo: o Final Four em Indianápolis, entre os dias 04 e 06/04.

Vitórias fáceis, partidas decididas no último segundo e as famosas “Cinderelas” bailando pelas regiões, tudo isso pôde ser acompanhado no 4º dia do NCAA Tournament.  Confira o resumo do blog do Draft Brasil da rodada que deu seguimento à competição mais louca do território norte-americano.

“Infarto” da rodada – #7 Michigan State 60X54 #2 Virginia

A equipe de Michigan State entrou em quadra contra Virginia com o espírito de que a partida não seria a última da temporada. E quem entendeu perfeitamente o recado foi o armador Travis Trice. Autor de 23 pontos, ele ajudou os Spartans a eliminar os Cavaliers (cabeça de chave #2) do NCAA Tournament pelo 2º ano consecutivo com uma vitória por 60X54. Além dele, o ala-armador Branden Dawson contribuiu com 15 pontos e 9 rebotes por Michigan State, que avançou para o Sweet 16 pela 7ª vez nas últimas 8 temporadas sob o comando de Tom Izzo.

dia4_michiganstate_virginia

Virginia, a 1ª equipe da conferência ACC a ser derrotada no torneio, foi liderada pelos alas Anthony Gill (11 pontos) e Darion Atkins (10 pontos e 14 rebotes). Devido a ajustes defensivos do adversário, os Cavaliers acertaram somente 29,8 % dos arremessos de quadra, um aproveitamento bem próximo (35,1 %) na derrota do ano passado para os Spartans no Sweet 16.

“Atropelamento” da rodada – #1 Duke 68X49 #8 San Diego State

Jahlil Okafor mostrou todas as suas habilidades contra San Diego State que fizeram do pivô de Duke possivelmente ser considerado o melhor jogador da NCAA. Okafor marcou 18 dos seus 26 pontos no 1º tempo na vitória avassaladora pelo placar de 68X49 no NCAA Tournament, que fez os Blue Devils voltar ao Sweet 16 pela 22ª vez sob o comando do treinador Mike Krzyzewski, que continua a busca pelo 5º título nacional.

dia4_duke_sandiegostate

Os Aztecs tentavam chegar ao Sweet 16 pela 3ª vez sob a batuta do experiente Steve Fisher, mas San Diego State começou mau a partida e sofreu para defender as ações ofensivas de Duke inicialmente. O ala Winston Shepard foi o cestinha da equipe com 13 pontos no duelo, reeditando o encontro entre os técnicos que se enfrentaram na decisão do torneio da NCAA em 1992.

“Cinderela” da rodada – #7 Wichita State 78X65 #2 Kansas

Os torcedores de Wichita State sonhavam há muito tempo por um duelo contra Kansas e sabiam que a equipe não poderia deixar escapar a chance de vencê-los no torneio da NCAA deste ano. E o sonho acabou se tornando realidade. Liderados pelos armadores Tekele Cotton (19 pontos) e Fred VanVleet (17 pontos), os Shockers alcançaram uma importante vitória de virada por 78X65 sobre os Jayhawks (cabeça de chave #2) e herdaram uma vaga para o Sweet 16.

dia4_wichitastate_kansas

Mesmo com as boas atuações do armador Devonte Graham e do ala Perry Ellis, respectivamente, autores de 17 pontos cada, Kansas desperdiçou uma vantagem inicial de 8 pontos e nunca mais ameaçou o oponente no 2º tempo. O 1º confronto desde 1993 entre as universidades separadas por apenas 260 quilômetros foi decidido em um intervalo de 8:28 minutos, que culminou com um placar parcial de 25X6 desfavorável aos Jayhawks.

Outros resultados da rodada:

#3 Oklahoma 72X66 #11 Dayton
#2 Gonzaga 87X68 #7 Iowa
#1 Wisconsin 72X65 #8 Oregon
#5 West Virginia 69X59 #4 Maryland
#4 Louisville 66X53 #5 Northern Iowa

Fatal error: Uncaught Exception: 190: Error validating application. Application has been deleted. (190) thrown in /var/www/draftbrasil.net/blog/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273