Resumo – Elite 8 – March Madness

Escrito por
Publicado em: 29/03/2015
elite8_marchmadness_capa

Estamos quase na reta final do March Madness de 2015. E os 4 jogos do ‘Elite 8’ nos proporcionaram muita garra, devoção e emoção em quadra entre os dias 28 e 29/03. As equipes, assim como seus jogadores, buscaram um único objetivo: o caminho para o Final Four em Indianápolis, entre os dias 04 e 06/04.

Vitórias amplas, partidas decididas na última posse de bola e as famosas “Cinderelas” bailando pelas finais das regiões. Vimos tudo isso ao longo do NCAA Tournament.  Confira o resumo do blog do Draft Brasil das últimas partidas realizadas na competição mais “maluca” de todo o território norte-americano.

#1 Wisconsin 85X78 #2 Arizona

As estrelas de Wisconsin, Sam Dekker e Frank Kaminsky, provaram mais uma vez que podem fazer o trabalho pesado para levar a equipe a vôos altos. Dekker converteu 5 das 10 cestas de 3 pontos do time no 2º tempo, terminando com 27 pontos e Kaminsky somou outros 29 pontos, ajudando os Badgers a derrotar Arizona por 85X78 e chegar a mais um Final Four consecutivo pela 1ª vez na história da universidade. Wisconsin impediu os Wildcats de chegarem ao Final Four pelo 2º ano seguido, tendo derrotado eles no torneio do ano passado por somente 1 ponto na prorrogação.

elite8_wisconsin_arizona

Por outro lado, Arizona não disputa um Final Four desde 2001, quando perderam na decisão do título para Duke. Os destaques dos Wildcats na partida ficaram a cargo dos alas Rondae Hollis-Jefferson e Brandon Ashley, autores de 17 pontos cada, que por mais uma vez não conseguiram levar o treinador Sean Miller a disputar o Final Four pela 1ª vez em sua carreira.

#1 Kentucky 68X66 #3 Notre Dame

Por um breve momento, a equipe de Notre Dame quase acabou com temporada perfeita de Kentucky. Passado o susto, os Wildcats ainda tem a chance de fazer história e conquistar outro título da NCAA. Graças aos 2 lances livres do armador Andrew Harrison com 6 segundos para o fim, a invicta Kentucky sobreviveu ao mais duro teste do torneio até agora, ao virar a partida após ficar em desvantagem por muito tempo do 2º tempo e derrotar os Fighting Irish por 68X66. O cestinha da equipe foi o ala Karl-Anthony Towns, responsável por 25 pontos – 17 deles após o intervalo.

elite8_kentucky_notredame

Disputando seu 1º Elite 8 em 36 anos, Notre Dame teve como destaques o ala Zach Auguste, que anotou 20 pontos, o armador Steve Vasturia, autor de 16 pontos, e o armador Jerian Grant, que contribuiu com outros 15 pontos. Os Irish, com uma vasta história de viradas impressionantes no futebol americano e no basquete, ficaram há poucos segundos de chocar o grande favorito do NCAA Tournament, por conta do arremesso desesperador de 3 pontos de Grant da zona morta que passou longe da cesta.

#7 Michigan State 76X70 #4 Louisville

Se você, fã de basquete, algum dia pensou em assistir a uma partida da NCAA, aqui vai uma dica: reveja o duelo entre Michigan State e Louisville do NCAA Tournament de 2015. Decidido apenas na prorrogação, os Spartans venceram os Cardinals pelo placar de 76X70 e se classificaram pela 9ª vez ao Final Four – a 7ª sob o comando do treinador Tom Izzo – e a 1ª aparição desde 2010. Michigan State foi liderada pelo armador Travis Trice, autor de 17 points, pelo ala/armador Branden Dawson, que pegou 11 rebotes, incluindo um importante com 31,7 segundos por jogar na prorrogação.

elite8_michiganstate_louisville

Pelo lado de Louisville, o cestinha do time foi o excelente ala/armador Wayne Blackshear, responsável por 28 pontos. O emocionante confronto apresentou 11 trocas de liderança entre as equipes, que poderia ter tido a 12ª com 4,9 segundos para o fim do tempo regulamentar, caso o 2º lance livre do ala Mangok Mathiang tivesse caído, que por uma infelicidade, bateu no aro e saiu fora. Com a derrota, os Cardinals ficaram de fora do 3º Final Four em 4 anos.

#1 Duke 66X52 #2 Gonzaga

Ao longo de toda a temporada, Duke sempre contou com um trio de jogadores novatos que nunca deixou a desejar. E para a sorte do técnico Mike Krzyzewski, eles fizeram o mesmo contra Gonzaga. Com seu trio de titulares, os Blue Devils avançaram para o 16º Final Four – o 12º sob a direção do recordista em aparições, “Coach K” – após a vitória por 66X52 sobre os Bulldogs. O ala Justise Winslow terminou com 16 pontos, mesmo jogando com uma torção no tornozelo esquerdo, o armador Tyus Jones anotou 15 pontos, enquanto o pivô Jahlil Okafor registrou 9 pontos e 8 rebotes.

elite8_duke_gonzaga

Apesar de estar jogando o NCAA Tournament pela 17ª vez seguida, Gonzaga nunca se classificou ao Final Four, tendo chegado ao Elite 8 apenas pela 2ª oportunidade em sua história. As melhores atuações dos Bulldogs na partida foram do ala Kyle Wiltjer, ex-integrante do time de Kentucky que foi campeão nacional em 2012, autor de 16 pontos, e do armador Byron Wesley, que marcou 10 pontos na derrota.

Fatal error: Uncaught Exception: 190: Error validating application. Application has been deleted. (190) thrown in /var/www/draftbrasil.net/blog/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273