Sabores opostos

Escrito por
Publicado em: 26/01/2016
OAKLAND, CA - JANUARY 25: Stephen Curry #30 of the Golden State Warriors and Jonathon Simmons #17 of the San Antonio Spurs go for a loose ball at ORACLE Arena on January 25, 2016 in Oakland, California. NOTE TO USER: User expressly acknowledges and agrees that, by downloading and or using this photograph, User is consenting to the terms and conditions of the Getty Images License Agreement.   Ezra Shaw/Getty Images/AFP
== FOR NEWSPAPERS, INTERNET, TELCOS & TELEVISION USE ONLY ==

O que era para ser um duelo disputado acabou sendo indigesto. No confronto mais aguardado da temporada e no 1º jogo da história da NBA entre 2 equipes com aproveitamento de vitórias superior a 83 %, Stephen Curry e os Warriors esmagaram os Spurs. Além disso, a vitória da equipe de Oakland pôs um fim na série de 13 triunfos seguidos do San Antonio. Relativamente, tão incrível quanto o “passeio” dos Warriors foi a atuação de DeMarcus Cousins frente aos Hornets. O pivô dos Kings produziu a maior pontuação da temporada (56 pontos) na derrota amarga para o Charlotte na 2ª prorrogação. Nas 12 partidas disputados em janeiro, Cousins tem médias de 34,4 pontos (a melhor da liga) e 13,6 rebotes por jogo. Leia estas e as outras sinopses das partidas da rodada no “Parágrafo NBA” do blog do Draft Brasil.

Cleveland 114X107 Minnesota

Apesar do trio de 20 anos de idade formado por Karl-Anthony Towns, Zach LaVine e Andrew Wiggins ter anotado pelo menos 20 pontos, os Timberwolves ainda assim não foram capazes de vencer os Cavaliers. Caras como LeBron James (25 pontos e 9 assistências) e Kyrie Irving (19 pontos e 9 rebotes) tornaram as coisas um pouco mais complicadas para a equipe de Minnesota e possibilitaram a Tyronn Lue, sua 1ª vitória na carreira como técnico na NBA.

Washington 91X116 Boston

Os Celtics alcançaram a 3ª vitória consecutiva, a medida que atropelaram os Wizards em pleno Verizon Center. Os visitantes chegaram a liderar o marcador por 30 pontos de diferença antes do fim da partida mostrar um triunfo por 25 pontos. O armador Isaiah Thomas liderou a equipe com 23 pontos e 9 assistências, além de 5 outros companheiros de time que ajudaram com pelo menos 10 pontos cada.

Chicago 84X89 Miami

O veterano Dwyane Wade liderou o Heat à vitória no United Center. Graças aos 28 pontos, 7 rebotes e 5 assistências dele, o time da Flórida interrompeu a série de 4 derrotas seguidas. Embora Wade e Chris Bosh (18 pontos) terem sido os únicos jogadores do Heat a ultrapassar os 10 pontos no jogo, isto foi suficiente para triunfar sobre a atuação de 19 pontos e 17 rebotes do pivô espanhol Pau Gasol.

Memphis 108X102 Orlando

O ala Jeff Green marcou sua maior marca na temporada com 30 pontos, incluindo um arremesso que forço a prorrogação, ao comandar os Grizzlies à vitória sobre o Magic, que perdeu suas últimas 6 partidas. A equipe de Memphis dominou o confronto em várias categorias, como por exemplo, nos pontos dentro do garrafão (70X50) e nos rebotes ofensivos (18X8).

New Orleans 111X112 Houston

A estrela James Harden registrou 35 pontos (mais 11 rebotes e 8 assistências) para liderar os Rockets ao triunfo sobre os Pelicans. O ala Trevor Ariza atingiu sua maior pontuação na temporada (31 pontos) na partida. Já o armador reserva Jrue Holiday foi o cestinha dos anfitriões com 32 pontos na derrota. A equipe de New Orleans ficou sem o pivô Anthony Davis no 2º tempo, ao sair de quadra após uma cotovelada acidental na cabeça do seu companheiro Tyreke Evans.

Denver 105X119 Atlanta

Os Hawks chegaram a liderar o placar por 22 pontos no Pepsi Center, antes de completarem o trabalho e conseguirem a vitória fora de casa. O ala Paul Millsap liderou o time com 22 pontos e 9 rebotes e o pivô Al Horford somou outros 18 pontos. A equipe de Atlanta acertou 50 % das tentativas de arremessos e limitaram o adversário há apenas 39 %. Will Barton foi o cestinha dos donos da casa com 21 pontos.

Utah 92X95 Detroit

Comandados pelos 29 pontos do armador Reggie Jackson, os Pistons conseguiram o triunfo sobre os Jazz na Vivint Smart Home Arena, finalizando a seqüência de 2 derrotas consecutivas. O turco Ersan Ilyasova ajudou com 16 pontos na vitória. Infelizmente para o time de Salt Lake City, os 17 pontos e 17 rebotes de Rudy Gobert e os 23 pontos de Gordon Hayward foram em vão. Os Jazz perderam 5 dos últimos 7 jogos.

Sacramento 128X129 Charlotte

DeMarcus Cousins. Sim, ele ó cara do momento! O pivô dos Kings estabeleceu a maior marca da carreira/franquia/temporada com 56 pontos (mais 12 rebotes) antes de sair com 6 faltas no 2º tempo extra. Apesar de sua performance monstruosa, sua equipe não conseguiu sair vitoriosa. O armador reserva dos Hornets, Troy Daniels, converteu 1 dos seus 8 arremessos de 3 pontos, com somente 9 segundos por jogar, dando ao confronto os números finais da partida, já que os Kings não puderam converter sua última chance.

Golden State 120X90 San Antonio

O duelo entre Warriors X Spurs era considerado por todos os ansiosos como a batalha dos melhores do Oeste. E todos pensavam que seria uma partida acirrada, certo? Bem, todo mundo errou. Os atuais campeões venceram por 30 pontos. Isso mesmo! Eles não tomaram conhecimento dos Spurs. O astro Stephen Curry esteve impossível na partida, produzindo 37 pontos e 5 roubadas em apenas 28 minutos de ação.

Fatal error: Uncaught Exception: 190: Error validating application. Application has been deleted. (190) thrown in /var/www/draftbrasil.net/blog/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273