Sem erro

Escrito por
Publicado em: 1/02/2016
nyk_gsw_d_green_capa

Sem erro, a atuação da rodada ficou por conta do versátil ala Draymond Green na vitória dos Warriors fora de casa por 116X95 sobre os Knicks no Madison Square Garden. Green acertou cada um dos arremessos de quadra que ele executou (um aproveitamento de 9-9), enquanto estabeleceu outro ‘triple-double‘ deste tipo…pela 2ª vez nesta temporada! Apenas 2 outros jogadores na história chegaram a produzir uma performance como esta em suas carreiras na NBA (Wilt Chamberlain, por 3 vezes pelos 76ers em 1966/1967 e Bo Outlaw (lembram dele?) pelo Magic em 28/03/2000 contra os Celtics). Uma pequena observação deve ser feita, ninguém jamais registrou um ‘triple-double‘ convertendo todos os arremessos, tanto de quadra quanto os lances livres. Relembre o que aconteceu em cada confronto da rodada no “Parágrafo NBA” do blog do Draft Brasil.

Los Angeles Clippers 120X93 Chicago

Todo mundo ficou, literalmente, animado com a super jogada do armador Derrick Rose. Mas foi o astro Chris Paul (19 pontos e 7 assistências) e o reserva Jamal Crawford (cestinha do duelo com 26 pontos) quem desenharam a fácil vitória a favor dos Clippers. Os Bulls na verdade marcaram 20 pontos a mais que os visitantes dentro do garrafão (56X36), mas a equipe californiana acertou 17 tentativas da linha de 3 pontos contra somente 5 dos anfitriões. De todo jeito, os Clippers chegaram ao seu 4º triunfo consecutivo.

Miami 105X87 Atlanta

Com quase todos os jogadores (exceto o pivô Hassan Whiteside e poucos reservas) retornando de várias contusões, o Heat engatou uma seqüência de 4 vitórias seguidas pela 1ª vez em toda a temporada. Na partida contra os Hawks, a equipe da Flórida venceu graças a um horroroso aproveitamento nos arremessos do adversário e às atuações produtivas de Chris Bosh (18 pontos e  7 rebotes) e de Amare Stoudemire (13 pontos e 12 rebotes).

Orlando 119X114 Boston

O Magic finalmente interrompeu a série de 8 derrotas consecutivas ao conseguir o 2º triunfo no mês, apesar do técnico Scott Skiles afirmar após o jogo, que a equipe “não esteja conseguindo decidir os confrontos de forma profissional.” Isso sim é uma maneira de enaltecer (de leve) o elenco. Vencendo por 9 pontos com 1 minuto por jogar, o time da Flórida errou 4 lances livres, permitindo aos Celtics encostar no placar por 3 pontos. O Magic assegurou a vitória em grande parte aos 24 pontos de Evan Fournier e de uma boa performance a de Aaron Gordon.

Dallas 91X78 Phoenix

O armador Deron Williams anotou 27 pontos, enquanto a equipe dos Suns continua terrível ao longo da temporada (aproveitamento de 37 % dos arremessos na partida). E até mesmo com o veterano ala Dirk Nowitzki de fora, ele foi o assunto das entrevistas nos vestiários depois do jogo, devido ao seu novo penteado.

New York 95X116 Golden State

Após limitar os atuais campeões à pontuação mais baixa no 1º quarto de uma partida nesta temporada (18 pontos), os Knicks provavelmente pensaram que conseguiriam a vitória. Eles logo perceberam o que cada equipe na NBA aprendeu até agora: que você tem que executar 48 minutos perfeitos para derrotar os Warriors. Isto porque no 2º período, a equipe de Oakland errou apenas 3 arremessos (aproveitametno de 14/17 na parcial). E ainda assim, os Warriors registraram 116 pontos mesmo depois da sua menor pontuação nos primeiros 12 minutos. E o armador Stephen Curry anotou somente 13 deste total. Já o ala Draymond Green estabeleceu seu 9º ‘triple-double’ da temporada (20 pontos/10 rebotes/10 assistência) e Klay Thompson marcou 34 pontos, demonstrando ser um absoluto pesadelo ao proteger a posse de bola.

Portland 96X93 Minnesota

Os armadores Damian Lillard e C.J. McCollum marcaram 21 pontos cada um, os Blazers venceram pela 4ª vez consecutiva e já desbancaram os Wolves em 3 oportunidades nesta temporada. Os Wolves sofreram com as bolas de 3 pontos, o que é um problema atualmente na NBA. Mas eles tem este cara, então o futuro parece ser promissor:

Los Angeles Lakers 82X101 Charlotte

É bom ver Michael Kidd-Gilchrist de volta. MKG terminou com 19 pontos e 12 rebotes (assim como Marvin Williams) e foi assim que ele fez contra os Lakers, levando os Hornets à uma vitória tranquila. Mas o craque Kobe Bryant deixou sua marca: foi o cestinha da partida com 23 pontos em 18 tentativas de arremessos. A equipe californiana igualou um recorde negativo na franquia com a 10ª derrota consecutiva.

Fatal error: Uncaught Exception: 190: Error validating application. Application has been deleted. (190) thrown in /var/www/draftbrasil.net/blog/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273