Sempre decisivo

Escrito por
Publicado em: 16/04/2017
lac_uta_j_johnson_capa

Os playoffs da NBA começaram neste sábado (dia 15/04) de maneira quente! Atual campeão, o Cleveland Cavaliers escapou com uma vitória por 1 ponto no jogo 1 da série contra o Indiana Pacers. Já Giannis Antetokounmpo e o jovem Milwaukee Bucks surpreenderam o Toronto Raptors na 1ª partida da pós-temporada de 2017. Além disso, no 5º confronto entre as equipes nos playoffs, o San Antonio Spurs venceu mais uma vez o Memphis Grizzlies por mais de 20 pontos na abertura da série e por fim, o sempre decisivo veterano Joe Johnson e o Utah Jazz derrotaram o Los Angeles Clippers no estouro do cronômetro. Confira a seguir mais detalhes do blog do Draft Brasil sobre dia inicial dos playoffs.

Cleveland 109X108 Indiana

Uma grande partida no tapinha inicial dos playoffs de 2017. Apesar dos alas LeBron James (32 pontos e 13 assistências) e Paul George (29 pontos e 7 assistências) raramente se enfrentarem ao longo do confronto, ambas as equipes mostraram um equilíbrio durante todo o duelo.

Os Cavs abriram uma vantagem de 12 pontos no 3º período, mas os Pacers encontraram forças para encostar no placar. George acertou um super arremesso de 3 pontos para deixar o Indiana com 1 ponto de desvantagem. Porém, o Cleveland desperdiçou a posse de bola seguinte, permitindo aos Pacers a chance de virar o marcador.

Na última jogada, o Cleveland teve a sabedoria de estabelecer sua defesa e forçar Paul George a passar a bola. Quem ficou responsável pelo arremesso decisivo foi o armador C.J. Miles – diga-se de passagem, em uma posição bem favorável – que acabou errando a tentativa, para o desapontamento do astro dos Pacers.

Toronto 83X97 Milwaukee

Depois de ficar de fora dos playoffs nas últimas 2 temporadas, o grego Giannis Antetokounmpo (28 pontos) começou a pós-temporada possuído. Ele enterrava de todo jeito – sob a marcação de 3 defensores ou contra um dos melhores protetores de garrafão na NBA, o espanhol Serge Ibaka.

Os Raptors sucumbiram no 2º tempo, conseguindo anotar apenas 32 pontos nos 2 últimos quartos juntos. O armador Kyle Lowry (4 pontos) estava inexistente em quadra, enquanto seu companheiro DeMar DeRozan marcou 27 points com um aproveitamento de 7-21 nos arremessos.

Os Bucks chegaram a uma liderança de 19 pontos próximo do fim da partida e Giannis continuava endiabrado, principalmente após bloquear um arremesso de DeRozan que os árbitros consideraram como uma falta técnica. E para ser sincero: o Toronto provavelmente precisará provar quem foi a 3ª melhor campanha no Leste.

San Antonio 111X82 Memphis

O Memphis começou o jogo calibrado nos arremessos mas não conseguiu administrar seu poder ofensivo ao longo da partida. Mesmo com o pivô Marc Gasol registrando 25 pontos no 1º tempo, os Spurs levaram uma liderança de 3 pontos para o intervalo.

Depois disso, o San Antonio protegeu o garrafão e limitou o Memphis a converter meros 39,2 % dos arremessos de quadra. A vantagem chegou a 20 pontos ao final do 3º período, permitindo o ala Kawhi Leonard (32 pontos) descansar o restante do confronto.

Los Angeles Clippers 95X97 Utah

Para começar qualquer discussão sobre a cesta heróica do armador Joe Johnson (21 pontos) nos últimos segundos, esta estatística realmente merece ser destacada:

“Joe Johnson é dono de 8 cestas vencedoras (temporada regular e playoffs) nos últimas 10 temporadas. Nenhum outro jogador possui mais do que 4.”

Os Jazz precisaram de tudo o que o veterano de 15 anos poderia oferecer depois de perder o pivô Rudy Gobert na 1ª jogada da partida. Além disto, eles continuaram confiando em sua defesa e acertando arremessos cruciais.

Além da ajuda do próprio ‘Clutch God’, o Utah tem no banco de reservas um treinador que sequer cogitou pedir um tempo no último ataque da partida. Esta vitória deverá mudar a visão de alguns críticos que consideram os Jazz somente uma “boa equipe de temporada regular”.

Fatal error: Uncaught Exception: 190: Error validating application. Application has been deleted. (190) thrown in /var/www/draftbrasil.net/blog/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273