Triunfo relevante

Escrito por
Publicado em: 9/06/2016
Jun 8, 2016; Cleveland, OH, USA; Cleveland Cavaliers forward LeBron James (23) dunks the ball in front of Golden State Warriors forward Draymond Green (23) during the four quarter in game three of the NBA Finals at Quicken Loans Arena. Mandatory Credit: Ken Blaze-USA TODAY Sports

O treinador do Golden State Warriors, Steve Kerr, comentou antes do jogo 3 sobre o quanto uma série pode mudar quando as partidas são disputadas em locais diferentes. Energia, emoção, tudo pode se transformar muito rápido. Especialmente quando os envolvidos são constrangidos pelo adversário. Resumindo, foi o que aconteceu no 3º jogo das Finais da NBA na última 4ª feira (dia 08/06) no triunfo relevante do Cleveland Cavaliers por 120X90 em plena Quicken Loans Arena.

Jogando com rapidez e sem a presença do ala Kevin Love, de fora por causa de uma concussão sofrida no jogo 2, os Cavs começaram a partida possuídos, anotando os primeiros 9 pontos do confronto e dificilmente não tiveram maiores preocupações no decorrer do jogo diminuindo a vantagem dos Warriors na série para 2X1 (confira o mini-movie do jogo 3 abaixo). O armador Kyrie Irving, criticado por suas atuações nos 2 primeiros jogos, estava infernal ao longo do 1º quarto, marcando 16 pontos e igualando a pontuação dos visitantes à medida que o Cleveland abriu uma liderança de 33X16 no período. Junto com seus 30 pontos e 8 assistências, o ala LeBron James terminou com 32 pontos, 11 rebotes e 6 assistências – sua 7ª partida com 30/10/5 na história das finais da NBA. Eles ainda tiveram a ajuda do instável armador J.R. Smith, que produziu 20 pontos em 37 minutos de tempo de quadra.

Curiosamente, os comandados do treinador Steve Kerr não estavam iluminados e os ‘Splash Brothers‘ decepcionaram. O MVP da temporada, Stephen Curry, terminou com apenas 19 pontos em 13 tentativas e seu companheiro, Klay Thompson – talvez prejudicado por uma pancada na coxa no 1º tempo – anotou meros 10 pontos. O melhor jogador dos Warriors na noite efetivamente foi o ala Harrison Barnes, que registrou 18 pontos e 8 rebotes, além de alguns arremessos inspiradores no começo do confronto.

Ao longo da temporada, os atuais campeões dificilmente se entregavam após o 1º quarto e no jogo 3, a história foi a mesma. Eles se reagruparam no 2º período e o placar no intervalo indicava 51X43 a favor do Cleveland, o que parecia muito bom do ponto de vista do Golden State, considerando que Curry tinha marcado 2 míseros pontos até esta altura.

Diferentemente dos jogos 1 e 2, os Cavs entretanto não sucumbiram no 3º quarto, mantendo a agressividade e tirando vantagem dos grandalhões dos Warriors que continuavam em quadra – Kerr usou pouco o seu “Quinteto Mortal” ao longo da partida e Curry ao menos mostrou serviço no período. Os anfitriões tinham o jogo nas mãos no início do período mas aplicaram o golpe final ao longo dos próximos 12 minutos, ao acertar 15 dos 20 arremessos tentados, um aproveitamento de 75% (veja no infográfico a seguir). Eles sustentaram o controle do jogo e abriram uma folga de 20 pontos de diferença no marcador ao final do 3º quarto (89X69).

cle_gsw_quarto3

O Cleveland não tirou o pé do acelerador no 4º período. Com James liderando a equipe em ambos os lados da quadra, os Cavs seguiram forçando os erros, imprimindo um ritmo frenético e basicamente punindo os visitantes à medida que o barulho dos torcedores ficava cada vez alto.

Rejuvenescido, o Cleveland recebe o Golden State de novo no jogo 4 que será disputado na próxima 6ª feira à noite (dia 10/06) e tentarão se tornar a 4ª equipe na história da NBA a superar uma desvantagem de 2X0 na série decisiva e conquistar o título, sendo a 1ª desde o Miami Heat em 2006.

Fatal error: Uncaught Exception: 190: Error validating application. Application has been deleted. (190) thrown in /var/www/draftbrasil.net/blog/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273