Trono recuperado

Escrito por
Publicado em: 25/09/2015
esp_lit_capa

Mais de 27 mil torcedores presentes no estádio Pierre Mauroy em Lille, puderam testemunhar no último domingo (dia 20/09) uma das melhores atuações defensivas do EuroBasket 2015. Liderada mais uma vez pelo pivô do Chicago Bulls, Pau Gasol, a Espanha levantou o troféu de campeão pela 3ª vez nas últimas 4 edições ao atropelar a Lituânia pelo placar de 80X63.

A seleção espanhola amargurou 3 longos anos sem levantar o caneco em alguma competição importante e viu sua supremacia no basquete continental ser colocada em dúvida. Mas com um jogo coletivo impecável, eles se aprimoraram a cada partida desde a derrota na estréia da fase de grupos frente à Sérvia em Berlim e se vingaram do revés para os lituanos na final do EuroBasket 2003 para coroar uma campanha de redenção. O sublime triunfo espanhol foi construído graças a uma magistral aula de defesa que sufocou o adversário, forçando uma busca frustante por arremessos isolados deles ao longo de todo o jogo. Como conseqüência disto, a equipe báltica converteu um aproveitamento inaceitável de 35% nos arremessos de quadra.

Na noite em que ultrapassou a lenda grega Nikos Galis ao assumir a 3ª posição na lista dos maiores anotadores do EuroBasket em toda a história, Gasol repetiu o feito de alcançado em 2009 e 2011 ao concretizar o título do EuroBasket para sua nação. O astro espanhol terminou a partida com um 25 pontos e 12 rebotes, além de 4 assistências e 3 tocos, saindo com a medalha de ouro no peito, o título de cestinha do torneio pela 3ª vez em sua carreira e claro, sem nenhuma surpresa, com o prêmio de MVP do campeonato. Ao lado de Gasol, o quinteto ideal foi composto pelo companheiro Sergio Rodriguez, pelos “Jonas Brothers” da Lituânia, Jonas Maciulis e Jonas Valanciunas, e pelo francês Nando De Colo. Mais cedo, o armador francês desempenhou um papel importante ao ajudar a seleção da França a vencer a Sérvia por 81X68 e garantir o 3º lugar no pódio.

Enquanto a Espanha (campeã) e a Lituânia (vice) asseguraram vagas diretas para os próximos Jogos Olímpicos em razão de alcançarem a decisão do EuroBasket 2015, França, Sérvia, Grécia, Itália e República Tcheca, que ocuparam as 5 posições seguintes no torneio, terão que disputar o Pré-Olímpico no mês de julho de 2016 para carimbarem seus ingressos ao Rio de Janeiro.

Fatal error: Uncaught Exception: 190: Error validating application. Application has been deleted. (190) thrown in /var/www/draftbrasil.net/blog/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273