Um mero protagonista

Escrito por
Publicado em: 3/06/2016
gsw_cle_s_livingston_capa

O Golden State Warriors oficialmente efetuou o 1º duro golpe sobre o Cleveland Cavaliers nas Finais de 2016 da NBA, ao vencer em casa o jogo 1 na noite da última 5ª feira (dia 02/06) pelo placar de 104X89, graças a uma grande atuação de um mero protagonista: o armador reserva Shaun Livingston.

A Oracle Arena estava alucinada com o início das Finais e preparada para mais um show dos ‘Splash Brothers‘. Mas ao invés disso, foi Harrison Barnes, Andre Iguodala e Leandro Barbosa que deixaram os torcedores enlouquecidos no 1º tempo da partida contra LeBron James e os Cavs. Reveja o ‘mini-movie’ do 1º jogo das Finais a seguir:

O veterano de 30 anos de idade, registrou sua maior marca na carreira em playoffs com 20 pontos – o mesmo total que os armadores Stephen Curry (11 pontos) e Klay Thompson (9 pontos) anotaram juntos. Livingston, Iguodala (12 pontos, 7 rebotes e 6 assistências) e Leandrinho (11 pontos) estavam por toda parte da quadra, ajudando o banco de reservas dos Warriors a dominar completamente os substitutos do Cleveland – que marcaram somente 10 pontos ao todo.

O ‘Big 3’ formado por James, Kyrie Irving e Kevin Love registraram 66 pontos, porém não tiveram muita ajuda nesta categoria, justificando o baixo aproveitamento dos Cavs na partida. Apesar da derrota, o astro do Cleveland estabeleceu 23 pontos, 12 rebotes e 9 das 17 assistências do time, a 17ª vez que ele produziu pelo menos 20 pontos, 10 rebotes enquanto distribuiu, no mínimo, metade das assistências de sua equipe em uma partida nos playoffs.

No intervalo, os Warriors lideravam por 52X43 em grande parte à larga vantagem no aproveitamento dos arremessos de quadra (52 % contra apenas 36 % dos  Cavs) e à pontuação relativamente distribuída dos seus titulares. Entretanto, o trio do Cleveland contabilizava 34 dos 43 pontos do time na metade – mesmo apesar de um aproveitamento combinado de 1-11 nas tentativas de arremessos no 2º quarto de LeBron e Irving.

Após um disputado 3º período, o marcador registrava uma liderança de 74X68 a favor do Golden State. E foi aí quando Livingston apareceu. Ele simplesmente acertava todos os seus arremessos (confira o infográfico abaixo), ajudando os Warriors a abrir vantagem no marcador enquanto as estrelas do time eram poupadas. A performance de Livingston (20 pontos e nenhum erro) o colocou ao lado de uma lista de 5 outros jogadores (Magic Johnson e Larry Bird em 1987, Scottie Pippen em 1996, Michael Jordan em 1997/1998 e Tony Parker em 2013) que também estabeleceram estes números no jogo 1 das finais nos últimos 30 anos.

gsw_cle_s_livingston

Fatal error: Uncaught Exception: 190: Error validating application. Application has been deleted. (190) thrown in /var/www/draftbrasil.net/blog/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273